Segurança Eletrônica para sua residência

Cuide do que é seu.

Na sua casa, o lar o recanto da família não pode faltar um sistema de segurança eletrônica. As principais ocorrências policiais nos últimos anos são as invasões e arrombamento a residenciais. Junto a esta triste estatística, porem um fato crescente é a necessidade de segurança. Uma importante ferramenta para reduzir a vulnerabilidade das residências, coibir e dificultar as ações dos criminosos sãos os sistemas de segurança eletrônica. A RASTRÔNICA dispões de diversos equipamentos da mais alta tecnologia e eficiência dos melhores fabricantes mundiais para realização de segurança eletrônica para residências. A seguir falaremos um pouco sobre as opções e os conjuntos.

 

CÂMERAS DE VIGILÂNCIA E ALARMES

Dos sistemas de segurança em geral as câmeras de vigilância já estão no conhecimento popular de forma geral. Sãos os equipamentos que irão garantir que pontos específicos tenham olhos eletrônicos 24 horas 7 dias por semana. A simples presenta de câmeras aliadas as placas de sinalização indicando que o local é monitorado possuem um efeito inibidor nos criminosos. A utilização mais comum das câmeras de vigilância quase sempre é na entrada da casa e outras áreas mais vulneráveis como garagem, região dos fundos e ou internamente em locais de fluxo onde se deseje controlar.

Muitos clientes nos procuram hoje após terem passado por experiências ruins com suposto profissionais, ou por terem gasto dinheiro com soluções que parecem interessantes, mas nada eficientes. Exemplo disso são câmeras hoje facilmente encontradas na internet, que transmitem imagem em tempo real, mas não gravam e não permitem que as imagens sejam identificadas posteriormente. O uso de um dispositivo de gravação de imagens (DVR) e um plano para backup remoto (ou na nuvem – Internet) para que no caso de uma invasão, os criminosos não levem as gravações é essencial e muitas vezes estas soluções improvisadas não oferecem estes recursos.

O sistema de alarme e sensores para residências é outro ponto muito importante e segurança de residências. O sistema de alarme é um conjunto de sensores espalhados em pontos estratégicos pela residência que possibilitam a detecção de pessoas circulando em um determinado ambiente ou detectando abertura de portas e janelas. Existem sensores dos mais variados tipos para as diversas aplicações como os sensores que utilizam um sistema de infravermelho para criar uma espécie de campo protegendo um perímetro da casa. Nesse sistema um feixe de luz infravermelho entre sensores delimitam um determinado espaço e quando o raio infravermelho, imperceptível a olho nu, é interrompido a central será acionada. Esta solução hoje já toma espaço e substituem com eficiência o uso de cerca elétrica, já que é menos ostensivo esteticamente mais interessante.

Utilizamos também para segurança de residências os sensores de movimento que tem por tecnologia ondas de ultrassom que irão apontar com precisão se há movimento em um local específico, quando o sensor de movimento identificar qualquer movimentação ele irá acionar a central disparando um alerta.

Todos os sensores ligados a uma central de alarmes, permitem sinalizar as invasões ou tentativas através de uma sirene, luzes, mensagens SMS, discagem para telefones previamente configuradas assim inibir os criminosos e alertar os moradores e vizinhos ou até a policia militar.

O botão do pânico também é um recurso com diversas aplicações no sistema de segurança residencial.  Trata-se de um dispositivo que atrelado ao sistema de alarme dispara um alarme silencioso em caso de emergência. Por exemplo em caso de invasão a residência quando acionado o botão do pânico o morador irá disparar um alarme que através de uma sirene, luzes, mensagens SMS, discagem para telefones previamente configuradas denunciará uma emergência para moradores e vizinhos, empresa de monitoramento ou em alguns casos direto à polícia.

Este botão quase sempre é instalado em um local escondido para que somente o morador saiba onde está. Há também opções de botões móveis, do tamanho de um chaveiro que podem ficar no bolso ou dentro do carro. Orientamos que em caso de emergência o acionamento deve ser feito de maneira mais discreta para garantir a segurança do morador ao apertar.

Outro dispositivo de segurança residencial muito popular são as cercas e concertinas elétricas. Estes aparatos de segurança visam inibir, dificultar e bloquear a entrada de invasores. Há qualquer toque ou tentativa de manipulação na cerca é disparado pequenos porem poderosos pulsos elétricos podendo ser letais e sinal sonoro para comunicar a ocorrência de tentativa ou invasão. Um ponto que deve ser considerado desse sistema é no que diz respeito a sua instalação e manutenção que é mais cara e mais frequente.

A concertina tem seu baixo custo e manutenção, mas de visual agressivo pois sua finalidade é ser um dispositivo para espantar invasores e também é mais perigosa para animais domésticos e crianças pois é feita de aço cortante.

Alguns clientes dispensam estas soluções (cerca ou concertina elétrica) e buscam a instalação de sensores de barreira que combinado ao sistema de alarmes fará a cobertura do perímetro como a cerca elétrica, porém com feixe de luz infravermelho que ao ser tocado irá acionar o alerta. Este dispositivo é muito mais discreto do que as cercas elétricas ou as concertinas, mas sem dúvida é bem mais temida pelos bandidos pois é muito eficiente e praticamente impossível de ser burlada se instalada corretamente cobrindo pontos de possíveis invasões.

O sistema de sensor de barreira é usado em bancos, museus, joalherias onde necessitamos de extrema segurança, mas um rolo de fios de aço cortante não seriam a melhor opção, também pode ser esta solução facilmente implementada em residências.

O porteiro eletrônico com vídeo ou instalar uma câmera de vídeo junto ao interfone tem sido uma das medidas mais solicitadas para nosso time de consultores de segurança. Visto que um portão eletrônico é mais eficiente quando associado a um porteiro eletrônico para poder liberar o acesso. É muito arriscado somente utilizar somente a voz para garantir a segurança de um visitante, entregador ou saber se uma pessoa conhecida está acompanhada de um marginal ou malfeitor. Por este motivo um dos equipamentos de segurança residencial mais importantes sem dúvida é o porteiro eletrônico ou interfone com câmera de vídeo. Assim que alguém tocar a campainha o cliente pode ver quem se trata e se é seguro abrir o portão ou não.